sábado, 26 de julho de 2008

Sonho


Como em todas as noites, fui até à janela e olhei o céu. Estava uma daquelas noites estreladas e tranquilas. Senti o vento a bater no meu rosto e fechei os olhos. Parecia uma noite igual a tantas as outras. Permanecia o silêncio.
Voltei a abrir os olhos e reparei num ponto mais brilhante do que todos os outros. Podia ser uma miragem, ou um simples ser, mas quando olhei tive a certeza que eras tu.
Nessa noite deixei a janela entreaberta e adormeci. A noite continuou silenciosamente doce.
Finalmente aproximaste-te. Entraste sorrateiramente pela janela, pé ante pé, para eu não acordar. Senti a melodia da tua respiração, aquela música perfeita que me embala em sonhos. Tocaste delicadamente o meu corpo imóvel, inconsciente. Iluminaste o meu rosto com o teu brilho e beijaste-me a alma adormecida e calma.
Saiste pela janela. Voaste através da noite, à procura de algo ou de alguém.

Abri os olhos, muito lentamente e sorri. Mais uma vez entreguei-me ao prazer de sonhar contigo.
Invoquei o teu nome, invadiste-me o pensamento e voltei a adormecer.

18 comentários:

Santhiago Ramirez disse...

Delícia de texto. Suave, delicado como uma pétala de flor, escrito como se sussurado, emocionante, lindo.
Beijinhos carinhosos

Vanessa. disse...

Que perfeição :$$
Palavrinhas, como sempre, tão simples mas tão maravilhosas, tão intensas e profundas.

Dois beijinhos minha querida.

Martinha disse...

"Abri os olhos, muito lentamente e sorri. Mais uma vez entreguei-me ao prazer de sonhar contigo."

fantástico, parabéns :)
beijo*

David disse...

Há sonhos fantásticos sem dúvida :D Beijo menina querida

Mariana disse...

Oh, amei o texto!
lindo demais :')

beijinho

Lenore. disse...

esta super bonito, cheio de sentimento. parabens, uma vez mais, *

O Profeta disse...

Fabuloso texto...!


Doce beijo

cah disse...

textoo muitoo gostoso dee lerr :)
ameeeei isso tdo aki
http://imensidadx3.blogspot.com

Francis disse...

Gosto muito de te ler, os teus textos são tão profundos que se assemelham a um sonho.
Gostei muito. Bons sonhos!
Beijo.

segredo disse...

O quanto vale a imaginação... que seria da vida sem ela???
Adorei o teu texto;)
:x

cah disse...

*--*
postaa mais vaaaai xd


http://imensidadx3.blogspot.com/

Ana Monteiro disse...

Fazer dos sonhos realidade :$

filipajoão disse...

E mais uma noite, como tantas outras, a tua estrela invadiu-te e fez-te sentir uma princesa.
Palavras bonitas, as tuas.

um beijinho*

AnaBárbara disse...

Q lindo!
Esta música e este texto deixaram-me com a lágrima no canto do olho. :')
Beijinho*

su disse...

Um pedaço de sonho ou um raio de luar...uma esperança...algo com que sonhar a dormir e acordada!

;))

pulguita=) disse...

Perfeito +.+

João da Silva disse...

Esta combinação dum texto onírico, condoreiro, embora realista, com a música, é de estremecer até às mais abscônditas e remotas fibras do coração.
Beijinhos do João

João da Silva disse...

Voltei. Não resisto a este texto! Como pode?
Beijos, beijos, muitos, do João!