quinta-feira, 7 de agosto de 2008

Hoje '


Hoje é só mais um dia. Sei que, mais uma vez, vou deixar as lágrimas correr e deixar o sal entranhar-se na minha pele já gasta pelo sofrimento.
Hoje é só mais um dia. Sei que vou continuar a dizer palavras carinhosas que não chegam para demonstrar o que eu sinto pelas pessoas que amo.
Hojé é apenas mais um triste dia, como todos os outros. Sinto a garganta a doer. Este nó constante já mal me deixa respirar. Este vento gélido rasga-me a alma.
Estou exausta. Toda a aflição, toda a agonia, todo este desespero absorve-me o corpo e a mente. Já não suporto mais esta corrida contra o tempo. É difícil. Tenho medo.
Já gritei mas o ruído da dor abafa o som dos meus gritos.

Hoje ganhei coragem para escrever um pouco do que sinto.

14 comentários:

Ana Lourenço disse...

Gostava de um dia te puder ajudar!

David disse...

E como acima diz, eu também gostaria...

Tu consegues cátia, força!

Beijinho

Camila Colossi disse...

ameei muitoo profunndo ese textoo =]
ameeei xd

http://imensidadx3.blogspot.com/

Algodão doce disse...

Tu sabes tudo por isso não adianta falar muita coisa.

'te«3

Martinha disse...

escrever/falar ajuda sempre :)

Francis disse...

Concordo com a Martinha, escrever/falar ajuda sempre.
às vezes temos de deitar fora o veneno que temos cá dentro, senão ela mata-nos.
Todos passamos por situações dificeis, tristezas, desesperos, etc, mas, há o outro lado da vida e, a alegria vai chegar, de certeza que sim.
beijo.

Santhiago Ramirez disse...

Na dialética da vida, as conclusões (às vezes cansadas do caminho) da experiência. Viver é morrer e renascer. É o eterno "samsara" do viver: o reviver. O ser fênix a cada novo e cinéreo fenecer. O voltar à crisálida depois de adejar as asas.
Não se apoquente, minha querida, que você renascerá em novos heterônimos, sempre que um deles se entristeça, ao dilúculo vespertino, na próxima alvorada.
Beijos carinhosos do Thiago

Vanessa. disse...

E eu adorei cada uma das palavras que li :$$

corazón disse...

cada dia é um dia, e cada dia é especial, quer seja pra rir, pra chorar, ou pra deixar os sentimentos voarem por aí :)

ABMG disse...

oi,oi,oi...

olhei teu blog... que lindo, meu!

ahhh...esses dias... conheço eles...insistem em bater na minha porta e sempre fazem com que eu os convide para um café!

tu não estás sozinha nisso!

corazón disse...

ah, sim, tambem te vou visitar mais vezes, tens palavras espantosas :$

Ana Monteiro disse...

Vazio que , infelizmente , preenche-nos mais do que queriamos .

Lenore. disse...

lindo, lindo *
uma vez mais, parabens.

João da Silva disse...

Nossa, não sei quem é aquele Santhiago Ramirez, mas vou endossar completamente as palavras dele.
Seu texto é liiindooo!
Beijos (e)ternos do João