quarta-feira, 22 de outubro de 2008

Saudade.


Certo dia ouvi que a saudade é a memória do coração. Esse sentimento intensifica-se, Nuno. O que acalma a dor de espírito é a certeza plena de que, estejas onde estiveres, estás feliz.
Sei que um dia reencontrarei esse teu sorriso, a tua voz e verei todos os teus sonhos e projectos realizados. Por enquanto as memórias enchem o coração de saudade.

Estarás sempre presente. Não partiste. Estás no coração de todos nós.

Descansa em paz.

10 comentários:

Francis disse...

Sentida homenagem...

Miguel disse...

passei aqui por acaso mas ao ler o teu texto lembrei-me de uma pessoa que também era assim importante para mim... mas que já não pode voltar :(

vida ruim..

bom resto de semana :)

(parabéns pelo banner)

Marquinho disse...

Deixa essas memórias encher para sempre o teu coração! De certeza que são boas e mesmo fazendo-te sentir saudades... não duvido que dá tua face um sorriso não escape =)

Bom texto! Paz pra ele ;) e que tudo lhe corra bem!

Beijo* bom blog!

A Minha Vida... disse...

É com esse sentimento que vamos para a frente, sao as palavras certas para superar, beijos e muita força! =)

João da Silva disse...

Lindo... sabe? É o que eu gostaria de dizer a meu paizinho.
Beijos, querida, de carinho.
Shalom

Ana Monteiro disse...

Ciclo da vida.. :x

Martinha disse...

é a vida mesmo... mas temos que continuar :)*

gotinha de água disse...

A despedida é dificil e a saudade deve apertar...
Mas há que superar as partidas com um sorriso na cara por eles (;

Mariana disse...

:x
Vida.

beijinho

Rui @t Blog disse...

Estejam ambos em Paz Profunda, um de viagem para outra vida no Oriente Eterno, enquanto outro viajando por esta vida.