terça-feira, 23 de setembro de 2008

Três.


Já lá vão três meses. Três meses de dor, com a esperança de que voltasses e de que tudo não passasse de um pesadelo. Infelizmente isso não aconteceu e estou certa que só hoje me confrontei por completo com esta triste realidade.
Acordei com a necessidade de te rever. O dia estava chuvoso e cinzento, assim como o meu estado de espírito. Levei-te uma rosa, a 'piqueira' como uma vez lhe chamaste :') , como sinal de todo o carinho que sinto por ti.
Sei que algures lá no céu, um anjo cuida de nós. Um beijo, Nuno.

Descansa em paz.

11 comentários:

Annie disse...

É sempre muito dificil superar a perda de alguém, falo por experiência própria. Infelizmente.

Secreta Utopia disse...

Depois de ler este texto, só tenho uma coisa a escrever: FORÇA

[Acho que é o suficiente.]

Beijinho*

Sophia disse...

É muito difícil perder alguém de quem gostamos muito, mas pensa que agora tens uma estrelinha lá no céu que brilha só para ti e ilumina a tua vida para que consigas superar este momento menos positivo.
Fica bem*

c.b. disse...

O carinho envolvente da "piqueira" chegou exactamente onde queres, seja lá onde isso for, tenho a certeza :')

um beijinho*

Ana Monteiro disse...

Descansa tu dessa dor. De certeza que ele gostaria de te ver mais aliviada. :$

disse...

a esperança ainda existe, de que um dia, todo nós nos encontraremos

Camila Colossi disse...

tristee mas bem real
eu gostei :)

bejoo

anjo disse...

Deve ser complicado amiga , força e calma quero te deixar um forte abraço cheio de força e beijo doces;)

Algodão doce disse...

Nem sequer tive coragem para lá ir nesse dia...mas irei com certeza, e muito mais que uma visita são as vezes que penso nele e que o sinto perto de mim.

Também te deixo um beijo, Nuno!
Descansa em paz...*

gotinha de água disse...

Não sei o que te dizer =X
Apenas te digo para teres força.
um beijo*

João da Silva disse...

Se há perfume, e cor, e beleza, e ainda orvalho no seu pensamento, creia que ele recebeu os sentimentos de tal modo.
Beijos carinhosos