terça-feira, 30 de setembro de 2008

Espera


Atravesso sete mares de tempestades, movo-me ao sabor dos ventos mais fortes e tento fugir dessa estrada estreita que me guia a ti. Fujo de ti. Contudo, encontro-te em cada gota de orvalho matinal, em cada raio de sol e na magia do luar. A suavidade dos sentimentos prende-me à liberdade do pensamento. Estas algemas que trago agarraram-se às minhas mãos pela força do acaso. E a chave? A chave está algures perdida pelos atalhos em que te persegui. São apenas alguns pensamentos escondidos pelo romper da esperança. As palavras são poucas, o distanciamento é muito e a coragem não supera o medo.
Deixarei o meu coração a um canto até ele se esvaziar.


13 comentários:

The last song ever \,,/ disse...

"A chave está algures perdida pelos atalhos em que te persegui. São apenas alguns pensamentos escondidos pelo romper da esperança. "

OMG, eu nem sei o que te hei de dizer :| , qualquer filosofia minha seria ridicula perante tamanha perfeição.

:*

Marquinho disse...

Uh que texto! :O

Gostei das tuas palavras! =)

Beijinho *

O Profeta disse...

Um coração aconchegado a um canto...

Doce beijo

Camila :) disse...

foii tao bom vir aki hojee :0
ameei o texto amore auhauh

bejoo,

disse...

além do texto, a música é perfeita.

A Minha Vida... disse...

a coragem supera o medo, acredita! gostei muito, esta profundo, e claro que podes la voltar sempre que quizeres, la todas as pessoas que sentem a vida, como tu, sao bem vindas, eu tambem vou ca voltar, so nao posso vir frequentemente, mas ja tinha saudades disto. beijinho* =)

Sophia disse...

Está um texto muito giro, profundo de sentimento!

c.b. disse...

quando menos esperares vai acordar em ti uma coragem tão forte que irá suplantar qualquer medo! :)

um beijinho*

João da Silva disse...

Que texto mais lindo... de emocionar(-me).
A suavidade do sentimento, a liberdade do pensamento, a suavidade do pensamento, a liberdade do sentimento: tudo isso se confunde em uma riquíssima mistura, exposta em letras e em entrelinhas maravilhosas.
Beijinhos!

Lenore. disse...

está lindo, como todos os outros :')
amei *
beijinho :D

Andreia disse...

A realidade do texto. Adorei.

fi disse...

Eu achei intensamente bonito o texto, apesar do sentimento que demosntras não ser de si, nada bonito.
Espero que encontres a chave, para te soltares dessas algemas que te prenderam a algo que já não te faz bem.

Maior beijo *
(obrigada pelo selo, querida, mas entretanto já o tinha recebido. muito obrigada)

. Rita disse...

Que maravilha de texto... há sentimento em cada palavra, e em cada palavra um arrepio!